Boscodonordeste

PARABAIANO - Paraibano criado na Bahia, colocando letras em movimento

Textos

Só estamos aqui de passagem
Um homem muito rico se queixava da falta de sabedoria para viver mais e melhor.  Soube que num local distante, no meio de um deserto, vivia um sábio muito procurado para prestar orientação de sabedoria. Marcou a viagem, e por quatro dias seguiu com uma comitiva pelo deserto. Pensava durante o trajeto: “como podia um sábio viver confinado num deserto, se podia viver numa cidade de maior conforto?”
Lá para o quarto dia encontraram umas pedras formando uma gruta, no meio de duas dunas. Na entrada estava pregada uma placa com a inscrição: “Morada do sábio”.
À frente dele estavam umas trinta pessoas, que também vieram trocar umas ideias com aquele sábio.
Quando chegou a sua hora, ele pediu para que todos ficassem do lado de fora, pois queria entrar sozinho.
Andando por entre pedras, chegou a uma sala de areia e pedra, onde estava sentado um senhor magro e maltrapilho. Ele perguntou:
- Por favor, pode chamar o mestre sábio?
- Sou eu mesmo.
O homem rico, surpreso com aquela pobreza, perguntou:
- Senhor sábio, onde está a sua geladeira, o fogão, a tv, o sofá, o micro-ondas ... enfim, tudo que um sábio poderia ter para viver com maior conforto?
- Eu não preciso de nada disso. Já que o senhor perguntou por tudo isso, eu lhe faço a mesma pergunta. Porque o senhor não está com tudo isso que o senhor me perguntou? Retrucou o sábio.
Inconformado, o homem rico estufou o peito e disse:
- Mas senhor sábio, eu não trouxe tudo isso porque estou aqui em sua morada somente de passagem. Eu não vou permanecer aqui a vida toda.
O sábio fechou os olhos e com a voz muito tranquila respondeu:
- Eu também.
João Bosco do Nordeste
Enviado por João Bosco do Nordeste em 08/09/2014
Alterado em 08/09/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (boscodonordeste). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras