Boscodonordeste

PARABAIANO - Paraibano criado na Bahia, colocando letras em movimento

Textos

Pensamentos nº 33 - Da Série “Cidadão moderno 1”
1) O adulto pensa que a felicidade é uma criança que pode ser adquirida com dinheiro, mas quanto mais tem dinheiro nessa transação, maior é o tamanho da sua solidão.
2) Na modernidade, basta um pequeno choque para que uma pessoa triste e sem fé sinta inesperadamente ruir a solidez da construção da sua alegria.  A instabilidade emocional é o reflexo da incerteza de perspectiva de futuro.
3) Quem se sente arcaico, convive sem problemas e não se cansa de si mesmo.
4) Descubra os motivos que te levam pelas estradas da vida, pois sem saber deles, ninguém chega a lugar nenhum.
5) O modernista pergunta: Cadê o barulho das aves? Os tormentos do sol é o acalanto da lua?
6) A duração da tua vida moderna é do tamanho da caixa de motivos que te dará impulso para continuar seguindo. Com a caixa vazia de sem motivação, a vida é curta.
7) O cansaço e o desânimo não podem fazer você desistir de seguir nem nos dias de chuva. O ideal é deixar a chuva passar e depois continuar seguindo com passos firmes, evitando andar com os pés dentro da lama, seguindo em busca de tempo bom.
8) O mundo é uma pequena caixa, basta que você saiba qual é o seu tamanho.
9) Os heróis ficam totalmente loucos quando são criados pelos seus autores, pois passarão o resto da vida debaixo da caneta, submissos.
10) Na vida, enquanto uns pretendem deixar que os bens sejam a sua identidade, outros lutam para que seu nome seja sua produção intelectual e artística. A diferença é que uns são perecíveis e outros são eternos. Infelizmente, algumas pessoas só percebem a diferença no leito de morte, nos olhos os herdeiros.
11) Quem não tem plena coincidência das coisas, a insignificância é a sua amiga e parte mais exaltada da sua ignorância.  
12) A ignorância não é um defeito para quem é ignorante. Muito ao contrário. O ignorante acha que ser ignorante é bom para continuar vivendo cego e preso ao seu senhor, sendo um  serviçal. Somente o conhecimento liberta.
13) Para mim, todo pensamento novo é melhor do que o meu, por isso quem tem razão pode não ter qualquer pensamento novo.
14) O inseto é o ser humano. O ser humano é um inseto. Por isso é tão difícil separar por qualquer processo científico um do outro.
15) Às vezes a gente perdoa uma pessoa várias vezes, somente para mostrar que é perdoando que se repetem os erros. A vida ensina que até saber receber perdão é uma dádiva de Deus, para que não se erre mais.
João Bosco do Nordeste
Enviado por João Bosco do Nordeste em 13/03/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (boscodonordeste). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras