Boscodonordeste

PARABAIANO - Paraibano criado na Bahia, colocando letras em movimento

Textos

Pensamentos nº 45 - Da série “Amor, desejo e paixão”.
1) Uma diferença entre o amor e a paixão é que num julgamento, o amor pode perdoar alguns erros de momento, mas a paixão vai condenar todos sem qualquer constrangimento.
2) Saber amar é regar as flores do jardim da vida para conquistar um beija-flor, sem precisar prendê-lo, pois um jardim bem cuidado é a melhor forma de trazê-lo de volta.
3) Ainda não descobri qual é a maior das tragédias: Se ela me satisfaz os desejos, ou satisfaço os desejos dela, pois algum de nós sempre estará no cativeiro.
4) O homem que não cultiva a inteligência é um ser que em tudo vê mistério, por isso não entende a existência do amor como um caso sério.
5) Tudo começa pela raiz do envolvimento. Enquanto o amor orgulhoso cresce devagar numa planta feliz, a paixão é uma tormenta descontrolada, que arranca até a raiz.
6) Na vida, quem se apaixona vive constantemente representando num grande picadeiro, recebendo vaias silenciosas do mundo inteiro.
7) Na vida não sei se eu viajo na chuva do amor, ou solto o carro na estrada da paixão sem capa. No amor pode até ter acidente, mas num desastre da paixão, ninguém escapa.
8) Na vida os sonhos podem ser alcançáveis; a mágoa pode ser reversível, mas somente o verdadeiro amor será sempre inesquecível.
9) Quem pensa que compra o amor com dinheiro vai morrer de solidão, pois o dinheiro só compra quem vive cego de paixão.
10) O amor vai fazendo você compreender a vida a cada momento, mas a paixão nem é capaz de explicar um último suspiro.
11) As causas da dor do amor são parecidas com as da paixão, mas ninguém sabe explicar direito a diferença das suas consequências.
12) O amor faz sorrir de prazer e a paixão faz chorar e morrer.
13) Vive feliz quem encontra na vida um verdadeiro amor, mas quem morre de paixão é um caso desanimador.
14) O princípio da sabedoria é amar todo dia, comer o pão da harmonia e perdoar com alegria. O resto é o tempo que avalia.
15) O amor é como a visita de uma tartaruga .... a paixão é como a visita de uma lebre. Quem gosta de pressa, adquire logo muita ruga.
João Bosco do Nordeste
Enviado por João Bosco do Nordeste em 17/04/2015
Alterado em 18/09/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Bosco do Nordeste). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras