Boscodonordeste

PARABAIANO - Paraibano criado na Bahia, colocando letras em movimento

Textos

Pensamentos nº 51 - Da série: Indecifráveis
1) Coração sem vida plena é como o conflito de uma senhora dor de barriga pendurada pela ponte de safena, sofrida na hora do jantar de um mendigo sem hora.  
2) Quem se agacha feito um prego, terá sempre um martelo por perto para fixar um quadro de natureza morta na parede da vida pendurada num penhasco.
3) O mundo precisa sempre de uma talhadeira com a lâmina cega para cunhar a parte da escultura inacabada de qualquer vida fora da cultura, que enxerga sem qualquer estrutura.  
4) Somente com uma furadeira é possível fazer um furo no inconsciente da ferrugem que abre a maçaneta da porta da gaiola dos loucos.
5) O ser mais feliz do mundo é o louco, pois não entende como um se coloca água dentro do coco e nem por que existe um sanduiche quente sem ter cachorro dentro, mas gosta de tomar água de coco com cachorro quente.  
6) O cara estava tão bêbado que chamava cachorro de “cacho”, urubu de “meu louro” e Jesus de “genésio”.  Errou a porta de casa colocando uma chave de fenda na fechadura da porta.
7) O cavalo abriu a cancela e a espora do cavaleiro feriu o mata-burro.
8) O ladrão roubou a etiqueta da roupa numa loja à boca da noite, e a dentadura ficou presa no cabide.
9) Quem é a favor do uso do braço pode estar na contra mão, com a mão fora do braço.
10) O vento da cachoeira entrou na cachoeira do vento, tiveram um bom rebento que se arrebentou nas pedras de um cata-vento.
11) Se eu fosse um gavião e você uma pomba fresca, deixaria que a sua frescura me subisse à cabeça.
12) Quando a invasão do território da lama é feita pelo ser humano, transforma-se num epílogo de uma novela com um herói sem colete de segurança num pântano de areia movediça.
13) Quem não vive para servir, quer sempre viver sendo servido.
14) Ser coitadinha para que os outros fiquem com pena é uma vontade da galinha, mas o galo que tem pena age como um cavalo, que não tem pena da égua.
15) Encarcerado: Num plano alto, de dentro ele está de olho nela e ela está com medo dele. No plano baixo, de fora ela olha pra ele, e ele está com medo dela.
João Bosco do Nordeste
Enviado por João Bosco do Nordeste em 14/05/2015
Alterado em 09/06/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Bosco do Nordeste). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras