Boscodonordeste

PARABAIANO - Paraibano criado na Bahia, colocando letras em movimento

Textos

A lua de mel na poesia
A lua está satisfeita,
com a luz da alma pura,
trazendo a felicidade,
mesmo em noite escura,
abrindo as nuvens do céu,
passando sua formosura.

A lua pra ser perfeita,
aos corações sem candura,
combate a atrocidade,
transforma o amor em ternura,
jogando um manto de véu,
sobre o pranto e a amargura.

Na lua a poesia deita,
seu mel lança numa aventura,
sobre os casais de verdade,
abelhas sem partitura,
nas letras põe seu troféu,
como uma grande apicultura.
João Bosco do Nordeste
Enviado por João Bosco do Nordeste em 22/12/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Bosco do Nordeste). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras