João Bosco do Nordeste
Professor Mestre em Educação e Administrador empreendedor
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Título:
O DESGOSTO DE GRACILIANO RAMOS – SEGUNDO JORGE ARAÚJO
Autor:
João Bosco do Nordeste
Descrição:
Graciliano Ramos diria que defender a Inteligência é um imperativo essencial da dignidade do espírito. Ateísta, deixaria o materialismo para um agnosticismo humanista. Em vez e negar a Deus, Graciliano deveria buscar a afirmação do homem. Talvez se aproximasse de Dostoievsky na obra “Os irmãos Karamazov”, quando escreveu:”Se Deus não existe, tudo é permitido” e longe de Nietzsche que mentaliza o super-homem, excluindo Deus na composição do universo. Referência: ARAÚJO, Jorge de Souza. Graciliano Ramos - e o desgosto de ser criatura. Maceió: Editora Ufal, 2008)
Enviado em:
08/08/2014
Formato:
pdf
Tamanho:
125 KB
Comentários
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links