João Bosco do Nordeste
Professor Mestre em Educação e Administrador empreendedor
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Pensamentos nº 33 - Da Série “Cidadão moderno 1”
1) O adulto pensa que a felicidade é um produto que se pode comprar com dinheiro em sua mão, mas quanto maior a riqueza,pode estar comprando a apenas a solidão.
2) Na modernidade, basta um pequeno choque para que uma pessoa triste e sem fé sinta ruir a sua alegria.  A instabilidade emocional é o reflexo da incerteza de perspectiva de futuro.
3) Quem se sente arcaico, convive sem problemas e não se cansa de si mesmo.
4) Descubra os motivos que te levam pelas estradas da vida, pois sem saber deles, ninguém chega a lugar nenhum.
5) O modernista pergunta: Cadê o barulho das aves? Os tormentos do sol é o acalanto da lua?
6) A duração da tua vida moderna é do tamanho da caixa de motivos que te dará impulso para continuar seguindo. Com a caixa vazia de sem motivação, a vida é curta.
7) O cansaço e o desânimo não podem fazer você desistir de seguir nem nos dias de chuva. O ideal é deixar a chuva passar e depois continuar seguindo com passos firmes, evitando andar com os pés dentro da lama, seguindo em busca de tempo bom.
8) O mundo é uma pequena caixa, basta que você saiba qual é o seu tamanho.
9) Os heróis ficam totalmente loucos quando são criados pelos seus autores, pois passarão o resto da vida debaixo da caneta, submissos.
10) Na vida, enquanto uns pretendem deixar que os bens sejam a sua identidade, outros lutam para que seu nome seja sua produção intelectual e artística. A diferença é que uns são perecíveis e outros são eternos. Infelizmente, algumas pessoas só percebem a diferença no leito de morte, nos olhos os herdeiros.
11) Quem não tem plena coincidência das coisas, a insignificância é a sua amiga e parte mais exaltada da sua ignorância.  
12) A ignorância não é um defeito para quem é ignorante. Muito ao contrário. O ignorante acha que ser ignorante é bom para continuar vivendo cego e preso ao seu senhor, sendo um  serviçal. Somente o conhecimento liberta.
13) Para mim, todo pensamento novo é melhor do que o meu, por isso quem tem razão pode não ter qualquer pensamento novo.
14) O inseto é o ser humano. O ser humano é um inseto. Por isso é tão difícil separar por qualquer processo científico um do outro.
15) Às vezes a gente perdoa uma pessoa várias vezes, somente para mostrar que é perdoando que se repetem os erros. A vida ensina que até saber receber perdão é uma dádiva de Deus, para que não se erre mais.
João Bosco do Nordeste
Enviado por João Bosco do Nordeste em 13/03/2015
Alterado em 07/02/2020
Comentários
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links