Textos

Pensamentos nº 43 - da série Amigos
1) Você tem muitos amigos? É na dificuldade que você realmente conhecerá os verdadeiros.
2) Quando um amigo prefere o caminho da vida fácil, tente ajudar para que ele volte ao caminho de Deus, mas se ele insistir, faça oração por ele e deixe que ele mesmo descubra o melhor a seguir.
3) Nunca confunda futebol, política e religião com amizade. Os interesses escusos que nasceram para separar não vão servir para unir nem mesmos os irmãos.
4) Quando a pessoa se acha amiga e passa a se preocupar demais com os menores defeitos dos outros, esquece dos seus, que geralmente são maiores.
5) As lágrimas da amizade são bons remédios que servem para curar a dor da ingratidão. Use-as, sempre que puder, pois lhe fará muito bem.
6) A indiferença dos inimigos não nos causa dor, exatamente porque é nela que percebemos a força que está nos amigos.
7) Quem tem muitos seguidores na internet sente-se poderoso numa multidão de amigos inexistentes, no vazio tecnológico.
8) Um pobre que tem amizade com alguém mais rico às vezes pode até pensar que é subserviência. Se tiver amizade com outro mais pobre, pode pensar que é auto-suficiência. Mas não aceitar como amigo alguém da sua classe social, é delinquência.
9) O que mantém as amizades é o perdão, pois quem mais erra são os melhores amigos.
10) Mais do que um bom amigo, você precisa é de um sócio na dor, pois na alegria das festas aparecem muitos, sem nenhum pudor.
11) Cuidado com o falso amigo, pois é uma faca de dois gumes: de um lado quer arrancar seus frutos, e do outro quer cortar a sua raiz.
12) Amigo não é coisa fácil de se guardar em nenhum lado do peito, pois o melhor lugar será o seu ombro.
13) A amizade é a soma de todos os contrastes e a falsa afirmação da inconsciente certeza, exatamente porque é difícil defini-la como verdade ou mentira. Somente o caráter vai evitar a profanação.
14) Amigo não pode lhe cobrar nada, principalmente quando é ele quem está lhe devendo.
15) Amizade verdadeira é sempre longa. Se acabar era apenas uma mentira de pernas curtas.
João Bosco do Nordeste
Enviado por João Bosco do Nordeste em 10/04/2015
Alterado em 26/12/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Bosco do Nordeste). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários