João Bosco do Nordeste
Professor Mestre em Educação e Administrador empreendedor
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Amor dentro de mim.
Procurei você pelo mundo, do Oiapoque ao Chuí.
Fui até as nuvens, bati nas portas do céu.
Vaguei por vários planetas, de Saturno até aqui,
Voei à tua procura, meu grande pote de mel.

Velejei pelos mares, guiando um barco a motor,
Pulei de um avião de paraquedas no chão.
Caminhei por cima do mar, e na linha do Equador,
Procurando encontrar, a minha louca paixão.

Abri as enciclopédias, a Barsa e a Mirador,
Palavras nunca lhe explicam, são escritas pela alma.
É quem habita a mente, de um coração sofredor,
Está presente em meus sonhos, um amor que me acalma.

Depois de muito cansado, sentei na praça ao relento,
Esperei que aquele vento soprasse você pra mim.
Foi nessa hora que um susto quebrou aquele tormento:
Senti que você já estava morando aqui dentro de mim.

Poema do Livro "Rapsódia de um sonhador", publicado em 2017.
João Bosco do Nordeste
Enviado por João Bosco do Nordeste em 23/04/2015
Alterado em 30/04/2019
Comentários
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links