João Bosco do Nordeste
Professor Mestre em Educação e Administrador empreendedor
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Pensamentos nº 55 – Da série: O ser desumano
1) É fácil ter coragem de passar por cima e lutar por aquilo que se ama, mas o difícil é aceitar os erros do percurso.
2) Quando as novas gerações encontrarem o sentido da vida, voltaremos a ser felizes. Gerar filhos só para receber bolsas sem que sejam desejados no amor, é a maior irresponsabilidade.
3) Se a cada respiro de ar tirado dos outros você não souber compreender a vida, tudo só ficará totalmente claro no último suspiro.
4) Na realidade, a vida não é nada além do que um grande sonho, mas os gananciosos nem conseguem dormir.
5) Aonde vou, eu chego cedo, vou com Jesus, vou sem medo. A pressa encurta a vida e o caminho será sempre deserto.
6) Não deixe que os discípulos do inferno joguem sementes nos jardins da sua casa, pois depois você não vai gostar ver os frutos.
7) Toda vez que o ser desumano acumula riquezas, tenha certeza de que está retirando do patrimônio de alguém.
8) O papel que o ser humano pensa estar desempenhando na vida, com prepotência e arrogância acaba tudo num simples rolo de papel higiênico.
9) Quem não sente saudades para voltar, nunca teve motivos para ficar, portanto, quando sair, diga: já foi tarde.
10) A vida não existe para que seja entendida, pois mesmo depois da morte tudo continua sendo uma grande interrogação.
11) O corrupto é aquele que vai continuar gritando na escuridão, para ver se as mentiras chega na velocidade da luz para os cegos de conveniência.
12) Não existe a felicidade plena. O que existe são datas inesquecíveis, eventos inexplicáveis e pessoas insubstituíveis.
13) O melhor amigo não é quem enxuga suas lágrimas, e sim aquele que chega antes do choro. Levar lenço é fácil, o difícil é levar o ombro.  
14) Acorde cedo para ir buscar água limpa na fonte, pois quem tem preguiça pode pegar mais tarde a água suja.
15) Existem pessoas que mais voam acordadas que dormindo num sono profundo, e à vezes vivem seus pesadelos acordadas, por não botar os pés no chão.
João Bosco do Nordeste
Enviado por João Bosco do Nordeste em 02/08/2015
Alterado em 11/02/2020
Comentários
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links